Você conhece o papel da Cortina Corta-Fogo no combate aos incêndios?

07 jun Você conhece o papel da Cortina Corta-Fogo no combate aos incêndios?

As Cortinas Corta-Fogo fazem parte dos sistemas passivos de proteção e têm ampla aplicação contra incêndios, pois isolam ambientes, evitando que o fogo e o calor invadam as instalações da sua indústria, centro de distribuição e diversas edificações e estabelecimentos. Elas devem ser resistentes, promover estanqueidade e isolamento térmico por um determinado período de tempo.

O que são as Cortinas Corta-Fogo?

As Cortinas Corta-Fogo têm o objetivo de compartimentar ambientes com risco de fogo, impedindo a propagação das chamas e da radiação térmica. Desde o início do século XX são utilizadas, porém a tecnologia permitiu o desenvolvimento das cortinas flexíveis automatizadas corta-fogo, que devem garantir a proteção contra incêndio e seguir as normas técnicas vigentes.

Quais as características para uma Cortina Corta-Fogo eficaz?

As Cortinas Corta-Fogo DockSteel são as primeiras barreiras de fogo inteligente com a classificação E 120, que permite total integração com qualquer espaço devido as suas dimensões de construção otimizadas. Uma vez que é o primeiro sistema de proteção contra incêndio inteligente resistente até a 1.100°C por 120 minutos com uma dimensão máxima de 22 metros de largura não sobreposta, cumprindo os objetivos de proteção contra incêndio previsto nos códigos técnicos de construção. O Sistema de Cortina Corta-Fogo fornece completa proteção contra incêndio e ocupa o espaço mínimo de 19cm, o que significa que grandes espaços de conceitos abertos podem ser mantidos sem impedimentos visuais. Todas as soluções foram testadas em situações extremas, com todos os componentes (chassis e barras laterais) dentro da zona de incêndio de acordo com EN 1634-1.

Como funcionam as Cortinas Corta-Fogo?

Normalmente, as Cortinas Corta-Fogo ficam recolhidas e posicionadas dentro de uma caixa de chapa de aço, com um eixo para enrolar o tecido especial. O painel de controle é ligado a detectores de incêndio ou a sistemas de alarme central da edificação, para quando acontecer algum evento, acionar o bloqueio das áreas a serem isoladas pelas cortinas.

Quais as principais funções da Cortina Corta-Fogo?

  • Rotas de fuga seguras: mantém as rotas de fuga protegidas contra a fumaça e o fogo, garantindo visibilidade e o tempo necessário para a evacuação de pessoas;
  • Combate ao incêndio: limita a dispersão da fumaça para todo o ambiente, a cortina facilita a localização e o combate aos focos do fogo;
  • Sistemas de controle de fumaça:o uso das cortinas otimiza a eficiência de sistemas de controle de fumaça, reduzindo as dimensões das aberturas dos sistemas de ventilação e o investimento em ventiladores;
  • Controle do fluxo de fumaça: principalmente em ambientes mais altos, as correntes transversais de ar geradas pelo vento afetam o processo de exaustão e o uso das cortinas pode controlar o fluxo da fumaça;
  • Cortina x rota de fuga: se a estrutura do edifício combinar rota de fuga e cortina corta fumaça exatamente no mesmo lugar, há modelos de cortinas que permitem a passagem de até 200 pessoas por minuto.

 

Quais as vantagens das Cortinas Corta-Fogo?

Uma das grandes vantagens da Cortina Corta-Fogo Flexíveis é que ela pode ser utilizada para compartimentar grandes vãos sem a necessidade de instalação de barreiras fixas, que geralmente limitam o trânsito de pessoas e equipamentos. Elas podem ser usadas em diversas posições e devem se adequar a arquitetura da edificação. Veja algumas aplicações das Cortinas Corta-Fogo:

As cortinas corta-fogo automatizadas possibilitam aos projetistas grandes vantagens para diversas situações de risco. Entre estas vantagens pode-se citar: a versatilidade, que proporciona facilidade no trânsito de pessoas ao permitir o movimento sem interferências, a integração simples na estrutura arquitetônica, a possibilidade de ficarem ocultas e só atuar em situação de incêndio ou quando se tem situações de limitação de espaço e a fabricação sob medida. São amplamente utilizadas na compartimentação vertical e horizontal de grandes áreas. Por exemplo, em teatros, shopping centers, indústrias, centros de distribuição logístico e muitos outros.

Portas Rápidas